Felipão diz que Palmeiras jogará com regulamento e vê condições de avançar
13/09/2018 10:11 em Esporte

O Palmeiras decide com o Cruzeiro uma vaga na final da Copa do Brasil em confronto no dia 26 de setembro, no Mineirão, e o Verdão tem totais condições de reverter a vantagem celeste. A opinião é do próprio técnico Luiz Felipe Scolari. “São mais 90 minutos, temos condições de reverter, só precisamos ter tranquilidade”.

Apesar da confiança do comandante, a Raposa tem sido uma pedra no sapato do Verdão nos últimos anos e já sustenta uma invencibilidade de nove jogos consecutivos, sendo quatro vitórias celestes e cinco empates. O último triunfo palestrino aconteceu justamente em 2015, quando o Alviverde levantou a taça da Copa do Brasil.

“Vamos ver como decorre o jogo lá, mas são estatísticas, são dados que a gente pode acrescentar quando quer a favor ou contra. Sabíamos que eram sete ou oito jogos que o Cruzeiro não perdia. A gente vai usar para quem sabe motivar os atletas, mas sabe que o jogo será difícil. Será mais um jogo bem equilibrado”, afirmou Scolari.

Em 2017, o Palmeiras caiu diante do Cruzeiro nas quartas de final da Copa do Brasil. O duelo de ida, no Allianz Parque, terminou em empate 3 a 3 (sendo que o time celeste vencia por 3 a 0 no intervalo). Já no Mineirão, nova igualdade, por 1 a 1, classificou a Raposa pelo desempate de gol marcado como visitante. Neste ano, este critério não existe.

“Nós jogamos com o regulamento, também. Comentamos antes do jogo que o gol qualificado não existe, que tivéssemos mais tranquilidade. O gol fora não dá mais a classificação. Neste momento estamos perdendo, se fizermos um gol, a igualdade acontecerá e vamos ver o que será do resultado final. Temos boas possibilidades, quem está melhor é o Cruzeiro, mas temos boas possibilidades de ir a Belo Horizonte e também vencer”, concluiu.

Antes de pensar no Cruzeiro, o Palmeiras encara o Bahia, às 16h (de Brasília), neste domingo, na Arena Fonte Nova. Na sequência, começará a decidir sua classificação na Copa Libertadores, em duelo contra o Colo-Colo, no Chile.

 

 

 

 

Bruno Calió – São Paulo , SP

FONTE – GAZETA ESPORTIVA

COMENTÁRIOS