Série B: Em duelo de líder e vice, CSA visita o Fortaleza na intenção de encaminhar o acesso
06/11/2018 14:29 em Esporte

Já com o acesso para a Série A de 2019 garantido, o Fortaleza agora mira o próximo objetivo na Segundona do Campeonato Brasileiro: o título. Para isso, a equipe comandada por Rogério Ceni receberá o vice-líder CSA na Arena Castelão, às 20h30 desta terça-feira, pela 35ª rodada da competição nacional.

As duas equipes possuem pretensões ambiciosas na tabela de classificação e, principalmente, para este confronto. No cenário perfeito, o Leão do Pici pode ser campeão da Série B já contra o time alagoano: precisa vencer e contar com um tropeço do Avaí, que joga contra o Atlético-GO.

Já o CSA de Marcelo Cabo pode encaminhar o acesso para a primeira divisão do futebol brasileiro contra o Fortaleza. Se vencer e os resultados da rodada forem favoráveis, o clube pode alcançar a marca de 60 pontos e garantir a ida à elite no confronto diante do Atlético-GO.

Para o embate, o comandante do CSA teve um desfalque de última hora. O zagueiro Leandro Souza sofreu uma entorse no tornozelo e “obrigou” o técnico Marcelo Cabo a convocar Rony para compor a delegação que vai para a partida diante do Leão do Pici.

No Fortaleza, o clima de festa foi rechaçado por jogadores e comissão técnica, muito por conta do desejo de se conquistar o troféu. Rogério Ceni deve escalar o habitual onze inicial do Leão do Pici.

No jogo de primeiro turno entre as duas equipes, o clube alagoano dominou o rival Fortaleza, mas não conseguiu tirar o zero do placar, desperdiçando a oportunidade de conquistar três pontos. Agora, no Castelão, o time de Marcelo Cabo quer recuperar o tempo perdido, podendo, também, tornar o acesso para a Série A ainda mais próximo.

FICHA TÉCNICA
FORTALEZA x CSA

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 06 de novembro de 2018, terça-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols (PE)
Assistentes: Clóvis Amaral da Silva (PE) e Marcelino Castro de Nazaré (PE)

FORTALEZA: Marcelo Boeck; Tinga, Diego Jussani, Ligger e Bruno Melo; Felipe, Dodô e Marlon; Éderson, Gustavo e Marcinho
Técnico: Rogério Ceni

CSA: Lucas Frigeri; Celsinho, Leandro Souza, Xandão e Rafinha; Yuri, Dawhan, Didira e Daniel Costa; Hugo Cabral e Walter
Técnico: Marcelo Cabo

 

 

 

 

Fonte: Top Esporte com Gazeta Esportiva

COMENTÁRIOS