.

Contra o Sport, fora de casa, CRB tentar chegar à final do Nordestão pela 3ª vez
27/03/2022 15:32 em Esporte

Após classificação heroica contra o Ceará, nessa quinta (24), o CRB tem mais uma decisão em duelo único na Copa do Nordeste de 2022, contra o Sport, pelas semifinais. Neste domingo (27), às 18h30, na Arena Pernambuco, ambos disputam uma vaga na final. Quem avançar, ganha R$ 500 mil e enfrentará o vencedor de Fortaleza x Náutico, que jogam sábado (26), às 17h45, no Castelão.

A título de curiosidade, o Regatas não perde para o Leão desde a Série B do Brasileiro de 2019, quando foi derrotado por 1 a 0, fora de casa. Porém, nos últimos três jogos, venceu dois e empatou um, todos em Maceió. O Timaço da Gazeta FM 98.3 e o portal Gazetaweb trarão todos os detalhes do confronto histórico uma hora antes de a bola rolar. Fique ligado, torcedor!

Cenário

Depois de terminar a primeira fase do torneio em 3º no Grupo A, o Sport, do técnico Gilmar Dal Pozzo, visitou o CSA em Alagoas e conquistou a classificação nos pênaltis, após empatar sem gols no tempo regulamentar. O Rubro-Negro ganhou, por 3 a 1, nas cobranças graças ao goleiro Mailson, que defendeu três chutes do time azulino. Wellington, Gabriel e Rodrigo Rodrigues pararam no arqueiro leonino no Trapichão.

Sob fortes chuvas, em Alagoas, Azulão não conseguiu superar o Leão nas penalidades - Foto: Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas

Já o CRB perdeu para o Fortaleza na 8ª rodada e foi decidir uma vaga nas semis contra o Ceará, longe de Maceió. Em noite inspirada de Diogo Silva, que fechou completamente o gol no 2º tempo, quando o time alagoano foi bombardeado até o apito final, defendeu três cobranças e converteu a sua, o Galo venceu, por 4 a 3, retornou à etapa da disputa após 28 anos e ainda recebeu uma cota de R$ 350 mil.

Diogo Silva foi impecável na função e garantiu o CRB na próxima fase do Nordestão - Foto: Daniel Galber

Sport

O Leão vai jogar diante da sua torcida porque, no geral do torneio, tem melhor campanha que os alagoanos. Mais de 22.500 ingressos devem ser vendidos. Por isso, a partida que aconteceria na Ilha do Retiro, com capacidade máxima de 9.300 torcedores, mudou para a Arena Pernambuco. Após cinco anos e duas eliminações frustrantes, a equipe chegou à fase decisiva.

Apesar do feito, o treinador Dal Pozzo revelou que deseja melhorar o desempenho tático dos atletas, no sentido de propor o jogo. Interessante notar que no 2º tempo contra o CSA, o Leão criou uma chance de marcar e mais nada depois. O comandante admitiu essa queda de rendimento, mas também enalteceu a capacidade de adaptação ao momento da partida.

Mailson comemora classificação do Sport após pegar três pênaltis contra o CSA - Foto: Celio Junior/AGIF

"A gente tem que se adaptar conforme é a competição, conforme é o momento. A equipe se adaptou fácil dentro de uma proposta de jogo e por isso teve a felicidade de conseguir passar de fase", disse.

Esse espírito competitivo vai ser crucial para superar o CRB, que prioriza jogar com a redonda chão. Um provável Sport para este domingo tem: Mailson; Ewerthon, Ezequiel, Rafel Thyere e Sabino; Sander, William Oliveira, Bruno Matias e Denner; Jaderson, Vanegas e Parraguez.

Sport comemora classificação à semifinal na Copa do Nordeste 2022 - Foto: Francisco Cedrim/AGIF

CRB

Na coletiva após a classificação, Marcelo Cabo disse que o CRB entendeu a estratégia do adversário. Em outras palavras, a equipe alagoana, diante da proposta ofensiva e de ligação direta do Ceará, optou por se defender e cadenciar o jogo, construindo as jogadas com calma, principalmente na etapa inicial. Quando não conseguiu interceptar os lances no 2º tempo, Diogo Silva apareceu para salvar.

A vitória nos pênaltis, segundo ele, foi resultado de muito treino, esforço e estudo. "Pênalti pra mim não é loteria, é muito treinamento. A gente trabalhou bastante na terça e na quarta o pênalti. Eu, pessoalmente, trabalhei com todos os jogadores, e a gente tinha muita convicção nessa classificação", apontou.

Marcinho, no fundo, e Igo Mendonza, tentam cercar Vina, no Castelão. - Foto: MKT Ceará

Mas vale lembrar que Maicon e Anselmo Ramon não converteram suas cobranças, ficando a cargo de Diogo Silva igualar a desvantagem no momento dos chutes, e exercer muito bem sua função, defendendo as cobranças de Rodrigo Lindoso, Dentinho e Nino Paraíba.

Cabo rasgou elogios ao atleta, reiterando a confiança do elenco no arqueiro, que se destacou em 2021, ao eliminar o poderoso Palmeiras na 3ª fase da Copa do Brasil. "A gente sabia que, se conseguisse chegar aos pênaltis, a confiança que tinha nele era grande, tanto que o Diogo foi o quinto batedor e também estudou bastante. E muito mérito pro Diogo, né? Não só nos pênaltis, mas também porque ele fez uma partida muito boa", destacou.

Com as defesas de Diogo Silva no 2º tempo, o CRB chegou para decisão mais confiante e acabou vencendo - Foto: Daniel Galber

Sem novidades para a decisão no time titular, Cabo deve ficar ainda mais atento ao quesito marcação, mas a proposta de dominar o meio de campo e atacar pelos lados com Marcinho e Richard, com Anselmo encostando, deve ser mantida. Assim, um provável CRB é: Diogo Silva, Reginaldo, Gum, Iago Mendonça e Guilherme Romão; Marthã, Yago e Rafael Longuine; Richard, Marcinho e Anselmo Ramon.

Arbitragem

A arbitragem desta quinta fica a cargo da Federação Norte-Rio-Grandense de Futebol. Zandick Gondim Alves Junior (CBF) será o árbitro principal e será auxiliado por Vinicius Melo de Lima (CBF) e Luis Carlos de França Costa (CBF). De Pernambuco, Rodrigo Jose Pereira de Lima (CBF) fica como quarto. No VAR, Caio Max Augusto Vieira (CBF-RN) comanda as ações.

COMENTÁRIOS