uni

Falta tática e Neymar mais solto equilibram Brasil no empate com a Colômbia
07/09/2019 13:00 em Esporte

Apenas duas vezes a seleção brasileira, sob comando de Tite, sofreu dois gols numa partida. Depois da Bélgica nas quartas de final da Copa de 2018, o empate por 2 a 2 com a Colômbia repetiu o feito de Lukaku, De Bruyne e companhia. O gol de Neymar na segunda etapa impediu a derrota da Seleção, que teve chances para virar a partida.

A Seleção viaja neste sábado para a Califórnia. O segundo amistoso nesta data Fifa será contra o Peru, no Los Angeles Memorial Coliseum, à 0h de quarta-feira (madrugada de terça para quarta). A TV Globo, o SporTV e o GloboEsporte.com, é claro, transmitem a partida ao vivo.

 

Para além de manter o retrospecto - Tite chegou ao 43º jogo à frente do Brasil, com 33 vitórias, oito empates, duas derrotas, com 83% de aproveitamento -, os ajustes feitos no intervalo serviram para mudar um pouco a cara do time brasileiro.

Foi Marquinhos quem melhor resumiu a primeira etapa e os problemas da equipe nos primeiros 45 minutos. Ele próprio sofreu. Assim como Arthur, Alex Sandro, Coutinho. A primeira etapa teve momentos de predomínio e mais perigo dos "cafeteros" - no scout final, do Sofascore, Brasil e Colômbia finalizaram seis vezes cada, com 57% de posse para os brasileiros, contra 43% dos colombianos.

Foi Marquinhos quem melhor resumiu a primeira etapa e os problemas da equipe nos primeiros 45 minutos. Ele próprio sofreu. Assim como Arthur, Alex Sandro, Coutinho. A primeira etapa teve momentos de predomínio e mais perigo dos "cafeteros" - no scout final, do Sofascore, Brasil e Colômbia finalizaram seis vezes cada, com 57% de posse para os brasileiros, contra 43% dos colombianos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FONTE..GAZETAWEB

COMENTÁRIOS