.

CORINGA

 

Torcedores azulinos se mobilizam e fazem campanha de doação de sangue
29/05/2020 18:13 em MACEIÓ

"Fazer o bem, sem olhar a quem". Esse é o lema do Movimento Social Bancada Azul, criado por torcedores azulinos com o objetivo de ajudar o próximo. A primeira missão dos amantes do CSA é a campanha de doação de sangue, que tem como meta aumentar o estoque do banco do Hemoal. 

Com o estoque abaixo do desejado e em situação crítica, o Hemoal tem solicitado ajuda de pessoas para salvar vidas. E o grupo tem encontrado maneiras de mudar esse panorama. Márcio Miranda, sócio torcedor do CSA, ex-conselheiro do clube, ex-diretor da Mancha Azul e presidente do grupo Povão Azulino, é um dos líderes desse movimento e conta que a campanha já foi iniciada.

 

"Para não causar aglomeração, alguns torcedores já começaram a ir ao Hemoal. Amanhã (30) será o principal dia da campanha, mas outros torcedores podem marcar e ir no dia que preferirem. Nós precisamos muito de incentivo, inclusive queremos até despertar os torcedores rivais a fazer o mesmo", disse ele, à Gazetaweb.

Para doar, é fácil. Você pode ligar diretamente para o Hemoal, no número 335-2109, ou entrar em contato com Márcio Miranda, no (82) 99694-4265; com Júnior Andrade, pelo (82) 98887-7807; com Fernandja Campos, no (82) 98858-9642; ou com Polho, no número (82) 99971-5382. A campanha já está cadastrada no Hemoal com o código 190 e quem for fazer a doação é só informar que faz parte do grupo de torcedores. A ação deve ocorrer até o dia 30 de junho.

 

Além do grupo Povão Azulino, participam do movimento o Samba do Azulão, o Grupo Nação Azulina, Azulcrinadas, Mancha Azul, Núcleo Feminino da Mancha Azul, Empoderazul e Movimento Sangue Azul. A ideia é continuar com ações sociais mesmo ao final da campanha da doação de sangue.

COMENTÁRIOS